Lonely Hearts Club – Porque ninguém precisa de namorado para ser feliz

/
1 Comments

Autor: Elizabeth Eulberg
Ano: 2011
Editora: Instrínseca
Número de páginas: 238
Onde encontrar: Skoob
Onde comprar: Submarino | Saraiva | Cultura 
Eu, Penny Lane Bloom, juro solenemente nunca mais namorar enquanto viver. Tudo bem, talvez eu reconsidere essa decisão em dez anos, ou algo assim, quando não estiver mais morando em Parkview, Illinois, nem frequentando a escola McKinley, mas, por hora, não quero mais saber de garotos. São todos a escória da humanidade, mentirosos e traidores. Sim, todos eles. A essência do mal. Claro que alguns parecem ser legais, mas, assim que conseguem o que querem, dão o fora em você e partem para o próximo alvo.
Então, cansei.
Chega de namorar.
Fim.
Uma decepção amorosa faz com que Penny Lane tome uma decisão drástica. Ela decide nunca mais namorar, pelo menos enquanto estiver no ensino médio. Mas não foi qualquer desilusão que ela teve, foi o amor da sua vida, Nate, que a decepcionou e agora não quer mais saber de garotos e decide fundar o Lonely Hearts Club. O nome não veio de qualquer forma, Penny e sua família são obcecados por Beatles, inclusive seu nome e de suas irmãs são inspirados em músicas da banda inglesa.


Tudo muda quando o casal mais badalado do colégio termina o namoro, Diane e Ryan faziam o estilo um feito para o outro. Diane era a melhor amiga de infância de Penny, mas quando começou a namorar se distanciou de todos. Quando fica sabendo que a amiga fundou um clube para garotas que tiveram o coração partido, Diane logo quer participar e daí em diante a história começa a tomar um rumo muito diferente.

Será que Penny conseguirá cumprir as regras do club? O que os garotos acham dessa história? Um coisa é garantida: as garotas unidas não serão vistas com bons olhos.

Escolhi esse livro porque precisava ler algo mais leve. Minha última leitura tinha sido Crime e Castigo do Dostoievisk e para quem não conhece é um pouco cansativo, tem muitos personagens, drama. No entanto é um livro muito bom. Li uma edição pocket, mas acabei comprando uma maior com acabamento melhor e pretendo reler em breve.

Lonely Hearts Club é o primeiro livro que li da Elizabeth Eulberg, ela é autora de Prom and Prejudice ainda não publicado no Brasil. É uma ótima leitura para passar o tempo, um tanto engraçadinho mas as vezes Penny Lane me deixou irritada com algumas atitudes infantis. No demais é uma leitura agradável.


Curta também

Tecnologia do Blogger.