O lado bom da vida - Matthew Quick

/
2 Comments

Ano: 2012
Editora: Intrínseca
Páginas: 254
Onde Comprar: Submarino | Cultura | Saraiva | Pesquise
Nota:  5/5

Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um “tempo separados”.

Tentando recompor o quebra-cabeça de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com o pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar vê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida.
O Lado Bom da Vida foi um livro muito bem aceito pela crítica e até virou filme, estrelando Jennifer Lawrence (a Katniss do Jogos Vorazes) e Bradley Cooper  (Se Beber, Não Case!).  Recentemente lançado no Brasil pela Editora Intrínseca.

Pat Peoples passa por um período extremamente delicado em sua vida. Após ficar quatro anos internado em uma clínica para doentes mentais, ele tenta restabelecer sua sanidade, além de tentar retomar sua antiga vida. 

Ao voltar para casa, depara com o pai que possuí um humor peculiar, por ser  fascinado por futebol americano, sendo um torcedor fanático pelos Eagles, quando seu time perde é melhor nem chegar perto. O único assunto que Pat pode ter com o pai é sobre os Eagles que é uma das paixões da família, mas não é garantia de assunto.

Conhece por meio do antigo amigo Ronnie, a irmã de sua esposa, Tiffany que também passou por um trauma e esta tentando deixa-lo no passado.

Pat foi deixado por sua esposa após um incidente do qual não lembra, ele acredita que esta no tempo separados e que logo voltará com Nikki e poderão viver felizes para sempre.  Nesse tempo separados , começa a fazer tudo de acordo como Nikki gostaria para quando estiverem juntos não a decepcionar mais, assim se torna um compulsivo por atividades físicas e passa horas malhando ou caminhando. Por meio dessas caminhadas que Tiffany começa a fazer companhia a Pat e essa parte é uma das que mais gosto.

Matthew Quick nos dá a oportunidade de conhecer dois personagens com problemas e traumas diferentes – Pat e Tiffany. No entanto, não é só na ficção que vemos traços desses personagens, é comum ter um conhecido que sofre de algum tipo de depressão, há quem diga que  esse é um dos males da época. A negação a doença é pior do que fazer o devido tratamento.



You may also like

Tecnologia do Blogger.